Operadora Oi tem prejuízo líquido de R$ 5,75 bilhões no 3º trimestre

A operadora Oi teve 1 prejuízo líquido consolidado de R$ 5,747 bilhões no 3º trimestre de 2019, o que representa uma alta de 330% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando o saldo ficou negativo em R$ 1,336 bilhões.

Em recuperação judicial, a empresa atrasou a divulgação do balanço em 2 meses. A Oi afirmou que a publicação foi adiada para fazer adequações de padrões contábeis exigidos fora do país. Eis a íntegra.

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;}.mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}

Receba a newsletter do Poder360

No acumulado do ano, de janeiro a setembro, o prejuízo da operadora foi de R$ 6,738 bilhões. No mesmo intervalo de tempo do ano passado, a Oi obteve lucro de R$ 27,949 bilhões.

A valorização do dólar contribuiu para a piora nos dados de 2019. A alta da moeda norte-americana frente ao real eleva o custo da dívida da empresa. Às 9h18, o dólar era negociado a R$ 4,24, acumulando uma apreciação anual em relação ao real de 9,97%.

Além disso, a receita líquida consolidada caiu 88% no 3º trimestre, atingindo R$ 5,001 bilhões.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 1,374 bilhão no 3º trimestre e marcou R$ 4,600 bilhões no acumulado do ano.