Petrobras adere a programas tributários estaduais e reduz débitos em 70%


Impacto da medida terá efeito no resultado do quarto trimestre de 2019. Débitos com estados somam R$ 3,6 bilhões. A Petrobras informou nesta quarta-feira (18) que aderiu a programas tributários dos estados de Amazonas, Alagoas, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Sergipe e deve reduzir em cerca de 70% um total de débitos de R$ 3,6 bilhões.
Sede da Petrobras no Rio de Janeiro
Daniel Silveira/G1
Os débitos tributários são relativos principalmente à apropriação de créditos de ICMS sobre aquisição de mercadorias (produtos em geral) e à cobrança de ICMS nas vendas interestaduais de gás natural, explicou a empresa.
O impacto da medida terá efeitos no resultado do quarto trimestre de 2019.
A adesão aos programas teve como base a busca da empresa por mitigar os riscos associados aos passivos tributário, disse a companhia no fato relevante.