DaBaby é preso acusado de roubar promotor de eventos

Reprodução/InstagramO rapper DaBaby foi preso nesta quinta-feira (2)

O rapper DaBaby, indicado ao Grammy pelo hit “Suge”, foi preso nesta quinta-feira (2), em Miami, Estados Unidos, acusado de roubar um promotor de eventos. A informação foi divulgada pelo site TMZ.

Segundo a publicação, o cantor teria roubado US$ 80 (R$ 320), um cartão de crédito e um iPhone do promotor. Ele teria ficado irritado por ter seu cachê reduzido pelo empresário em US$ 10 mil (R$ 40,3 mil). O músico ainda atacou o homem com um copo de suco de maçã.

Um vídeo obtido pelo TMZ ainda mostra três homens, supostamente da equipe de DaBaby, pegando dinheiro e os pertences do promotor. Depois, eles entram em um carro e vão embora.

O cantor continuou preso até a manhã desta sexta-feira (3). Segundo as autoridades de Miami, ele deve ser mandado para o Texas, onde também é procurado pela polícia. Em 2019, o artista foi preso por supostamente ter participado de um ataque a um supermercado no ano anterior.

DaBaby estourou no ano passado com o álbum “Kirk”. O rapper se apresentou no “Saturday Night Live” e ainda teve músicas inclusas nas playlists de melhores do ano de JAY-Z e Barack Obama. Ele concorre ao Grammy de melhor canção e melhor performance de rap por “Suge”, que tem quase 200 milhões de visualizações no YouTube.